domingo, 30 de novembro de 2014

5 coisas que as mulheres devem saber sobre VIVER SEM MENSTRUAR

Muitas mulheres hoje em dia optam por tomar a pílula em uma maneira contínua, sem interrupções, seja por poucos dias (como no caso de uma viagem, por exemplo), ou seja, por tempo mais prolongado, de meses.

Outras vezes é o médico que recomenda esse tipo de uso, como tratamento ou prevenção de algumas doenças, como no caso da endometriose, entre outras.

Portanto, viver sem menstruar é hoje um fato para muitas mulheres. No entanto, sempre devem procurar o ginecologista para saberem quais são as melhores opções. Existem pílulas mais e menos recomendáveis para esse fim. Deve-se avaliar o histórico da paciente, suas possíveis comorbidades e outros fatores. clip_image002

Uma vez iniciado o regime contínuo existem fatos que as mulheres devem ter conhecimento:

1. O regime contínuo faz mal?

Basicamente não. Se não tiver contraindicações para o uso da pílula em regime cíclico, a mulher não as terá para o uso contínuo.

2. Por quanto tempo pode tomar?

Não há limites preestabelecidos, desde que se faça acompanhamento médico.

3. E se eu sangrar durante o uso da pílula?

Primeiramente, certifique-se que não está esquecendo-se de toma-la, mesmo que eventualmente. Mesmo que tome regularmente, sangramentos inesperados podem acontecer em algumas mulheres. Acalme-se por que isso não resulta em perda da eficácia da pílula. Se acontecer na primeira cartela, não interrompa. Se for a partir da segunda cartela, você poderá suspender o uso por 3 dias e voltar a tomar no quarto dia. Depois, continuar sem interrupções.

Sempre avisar ao seu médico o que está acontecendo.

4. E se eu estiver sangrando só durante ou após a relação sexual?

Continue a tomar a pílula e marque uma consulta para avaliação do caso.

5. O uso prolongado pode levar à infertilidade?

O uso da pílula seja no regime cíclico ou no regime contínuo não afeta a fertilidade futura. Se a mulher já tiver algum fator desconhecido de infertilidade, este continuará e só se manifestará quando ela cessar a pílula para engravidar. Lembremos também que as mulheres devem atentar para a questão da idade, uma vez que a fertilidade vai decrescendo naturalmente com o tempo, principalmente após os 35 anos.

Dr. Antônio Aleixo Neto

Palavras-chave: pílula anticoncepcional, menstruação, regime contínuo, sem menstruar

Nenhum comentário:

Postar um comentário