domingo, 7 de agosto de 2016

CUIDADO. TROMBOSE!

Não tome pílula de maneira nenhuma se...

1. For tabagista, principalmente acima de 35 anos
2. Tiver história de trombose venosa e/ou arterial, doenças cardiovasculares ou familiares de primeiro     grau, com estas patologias antes dos 45 anos.
3. For obesa, com índice de massa corporal acima de 35 kg/m.
4. Estiver com cirurgia de grande porte marcada para os próximos 30 dias.
5. Tiver Lúpus Eritematoso Sistêmico.
6, Se tiver enxaquecas intensas com aura.
7. Se tiver traumatismos ou acidentes que exijam imobilização.

Estas condições também se aplicam às usuárias de:


  • Adesivo contraceptivo
  • Anel vaginal
  • Injetáveis mensais


Estas condições não se aplicam às usuárias de:

Pílulas só de progesterona
Implante
DIU hormonal
Injetável de progesterona (trimestral)


Estas precauções devem-se ao risco aumentado de trombose venosa profunda, que é a formação de um ou mais coágulos nas veias, principalmente das pernas. O problema é que estes coágulos, ou trombos, podem se deslocar e cair na corrente sanguínea (quando são chamados de êmbolos) provocando entupimento de vasos nos pulmões, coração e cérebro, estabelecendo quadros de extrema gravidade. 
clip_image002

Apesar de todos os cuidados as usuárias de pílula anticoncepcional combinada tem um risco um pouco maior de trombose. Mas - lembremos - a pílula é usada principalmente para evitar a gravidez, e esta apresenta um risco muito maior de trombose. Na dúvida, oriente-se com seu médico sobre os riscos e a melhor opção para cada mulher,

Palavras-chaves: pílula anticoncepcional, trombose.

Prof. Antônio Aleixo Neto