domingo, 17 de março de 2013

Um papo sobre HPV

O que é HPV?

O HPV (vírus papiloma humano) é a causa mais comum de DST (doença sexualmente transmissível). Ele pode acometer qualquer pessoa que tenha atividades sexuais, principalmente se não praticar o sexo seguro. Só para se ter uma ideia, nos EUA, onde existem estatísticas confiáveis a respeito, cerca de 25% da população (± 80 milhões de pessoas) estão infectados pelo vírus. Destas, a metade são mulheres. 14 milhões de novos casos são diagnosticados por ano, naquele país. O HPV é tão comum que pode-se dizer que quase todos os homens e mulheres sexualmente ativos vão ter pelo menos um tipo de HPV em algum momento de suas vidas.

Há cerca de 100 tipos de HPV, sendo que 40 tipos podem infectar os órgãos genitais de homens e mulheres. Os tipos oncogênicos, ou de alto risco do HPV (por exemplo, os tipos de HPV 16 e 18), são a causa dos cânceres cervicais. Estes tipos de HPV também estão associados com outros cânceres anogenitais em homens e mulheres, incluindo a do pênis, vulva, vaginal e anal; além de um subconjunto de câncer de orofaringe.

A maior parte dos portadores de HPV geralmente não apresentam sinais ou sintomas, sendo diagnosticados apenas no exame médico. No exame ginecológico o HPV pode ser diagnosticado por um ou vários exames: citologia de prevenção, exame de material biopsiado, teste de Schiller, colposcopia e captura híbrida.

O que o HPV pode causar?

Alguns tipos de HPV podem causar alterações no colo do útero, que podem levar ao câncer cervical ao longo do tempo. Estes tipos de HPV também podem infectar outras partes do corpo e causar outros cânceres menos comuns em homens e mulheres.

Outros tipos de HPV podem causar verrugas genitais.

Muitas vezes, o sistema imunitário do corpo repele HPV naturalmente dentro de dois anos - antes de HPV causar qualquer problema de saúde. É apenas quando o HPV permanece no colo do útero de uma mulher por muitos anos que pode causar câncer cervical. Especialistas não sabem por HPV persiste em certos casos, mas não em outros.

Como o HPV é transmitido?

O HPV é transmitido por contato (pele com pele) genital, mais frequentemente durante o sexo vaginal ou anal. HPV também pode ser transmitido durante o sexo oral. A maioria das pessoas nem sequer sabem que têm o HPV, ou que estão passando-a para o seu parceiro. Por isso, pode não ser possível saber quem lhe transmitiu o HPV ou desde quando a pessoa o tem. HPV é tão comum que a maioria das pessoas é contaminada logo depois que começam a ter relações sexuais, e, no entanto, só são diagnosticadas anos mais tarde.

Condiloma acuminado

Às vezes, certos tipos de HPV podem causar verrugas genitais em homens e mulheres, chamadas de condilomas. Mais raramente, esses tipos também podem causar verrugas na garganta.

As verrugas genitais geralmente aparecem como um pequenos carocinhos na área genital, com coceira ou dor local. Elas podem ser pequenas e espalhadas, geralmente em forma de couve-flor. As verrugas podem aparecer dentro de semanas ou meses após o contato sexual com uma pessoa infectada, mesmo que o parceiro infectado não tenha sinais destas verrugas genitais. Se não tratadas, as verrugas genitais podem crescer e também se espalhar pela região ano-genital. As verrugas genitais não se transformam em câncer.

Recomendações para as mulheres antes da realização de exame ginecológico:

 

· Evitar relações sexuais nas 48h anteriores ao exame

· Não estar no período menstrual (exceção para colocação de DIU)

· Não usar cremes vaginais nos cinco dias anteriores ao exame

· Não utilizar ducha vaginal interna no dia do exame

· Deve-se esvaziar a bexiga antes do exame

terça-feira, 12 de março de 2013

Você quer engravidar mais rápido?

Muitas mulheres desejam engravidar logo ou então está demorando muito para que isto aconteça. Para estas, existe um método simples para engravidar mais rápido: o Teste de Ovulação.

Este teste consiste numa pesquisa na urina, simples e barata, feita na sua própria casa, parecido com aqueles testes de gravidez de farmácia. O exame ajuda em definir o momento mais provável de ovulação, ou seja, o período que a mulher está mais fértil.

O exame deve ser realizado durante cinco dias consecutivos, aproximadamente no mesmo horário. Caso dê positivo (vide figura) significa que a mulher está para ovular nas próximas 36 horas. É importante saber que o espermatozoide sobrevive até 72 horas no corpo da mulher e que o óvulo sobrevive apenas 24 horas, em média.

Resultado teste ovulao

Para maiores informações veja: http://web.telediu.com.br/BULA-OVULACAO-10-08-2009.pdf

e http://www.telediu.com/produto/41/teste-de-ovulacao/ e BOA SORTE!