sábado, 26 de janeiro de 2013

O Mirena® é caro?


A escolha de um método anticoncepcional depende de muitos fatores, tais como a eficácia, os efeitos colaterais, as contra-indicações, o conhecimento do mesmo pela mulher e também, muitas vezes, o custo do mesmo. É nesse ponto que muitas vezes a potencial usuária se confunde, apenas levando em conta o investimento inicial e não o total, que engloba a soma de anos de uso do método. Sendo assim, aparentemente, o custo do DIU de cobre ou o Mirena® é maior que outros métodos tais como pílula, injetáveis, entre outros. Mas, vários estudos mostram que ao contrário que parece, o custo do DIU e do Mirena é menor que qualquer outro método, tanto para as que colocam “particulares” ou para os planos de saúde, se for considerado o uso estimado de cinco anos. Se considerar uma pílula que custe R$ 30,00 por mês, isto significará cerca de R$ 360,00 por ano x 5 = R$ 1800,00. O custo do Mirena (cerca de R$ 700,00) + a inserção não chega a este valor. E olhe que tem barato que fica caro…

Nenhum comentário:

Postar um comentário