terça-feira, 14 de agosto de 2012

Qual o mecanismo de ação das pílulas do dia seguinte?

Dependendo da fase do ciclo menstrual que a mulher se encontra, as pílulas de emergência podem:

- impedir ou retardar uma ovulação,

- impedir a fecundação, ou, 

- impedir a implantação do ovo.

As pílulas de emergência não são abortivas, uma vez que elas não interrompem uma gravidez já estabelecida, ou seja, com o ovo já implantado. De acordo com os artigos 124-128 do Código Penal Brasileiro, a gravidez inicia-se com a implantação do ovo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário