sábado, 21 de agosto de 2010

Verrugas e condilomas

As verrugas e os condilomas acuminados são causados por alguns dos inúmeros tipos do papilomavírus humano (HPV) que podem também causar lesões (manchas) no colo do útero. Ao contrário das lesões no colo do útero - que às vezes podem levar ao câncer – as verrugas da pele são benignas e incomodam apenas esteticamente. Muitas vezes são duras, ásperas, de cor variada e podem ser constrangedoras, dependendo do tamanho e localização. Assim, muitas pessoas optam por retirá-las logo que são notadas. Existem verrugas nos pés (plantares), nas mãos e dedos (vulgares) e as verrugas genitais, mais conhecidas como condilomas acuminados, que são lesões vegetantes, tipo pequeno couve flor. Estas são sexualmente transmissíveis e obrigatoriamente devem ser tratadas, devido ao risco de contágio. Existem vários tratamentos tanto para as verrugas quanto para os condilomas. Um dos melhores métodos a utilizar é a remoção através da crioterapia. Este procedimento eficaz consiste no congelamento das lesões. Este não é muito doloroso e raramente causa cicatrizes. No entanto, pode ser necessário repetir o tratamento num intervalo de uma a três semanas.


Verruga vulgar


No caso de aparecimento de pequenas lesões parecidas com verrugas na área genital deve-se abster de relações sexuais e procurar um médico o mais rápido possível, por que elas podem ser condilomas acuminados - popularmente chamadas de "crista de galo" - que se alastram rapidamente e são muito contagiosas. No caso de verrugas na pele não há esta urgência, mas devem ser examinadas e tratadas corretamente. Lembre-se que esquecer os problemas de pele pode ser perigoso para sua saúde.


 Imagem de condiloma vulvar

Dr. Antônio Aleixo Neto