sábado, 22 de novembro de 2008

Eficácia dos métodos anticoncepcionais


Eficácia teórica - é a melhor eficácia que se poderia esperar de um método. Depende do uso correto e consistente por parte do(a) usuário(a), e muitas vezes só se encontra estes números em pesquisas controladas.



quinta-feira, 10 de julho de 2008

Mirena e DIUs - Inserção

  • Mulheres com ciclos menstruais
O período menstrual tem sido uma das épocas preferidas para a colocação do dispositivo intra-uterino e do endoceptivo, principalmente porque é uma maneira prática de se descartar possibilidade de uma gravidez. Além disso, é o período em que o canal cervical está um pouco mais permeável à introdução do aplicador e o sangramento resultante do ato da aplicação fica mascarado pelo sangramento menstrual, não incomodando a mulher. No entanto, o DIU e o endoceptivo podem ser colocados em qualquer época do ciclo menstrual, desde que se tenha certeza de que a mulher não está grávida. Por exemplo: mulheres em uso de pílulas, injetáveis e outros métodos seguros, ou em abstinência sexual. A troca de um DIU ou endoceptivo por outro também pode ser efetuada em qualquer momento do ciclo.


terça-feira, 24 de junho de 2008

Prevenção do câncer do colo do útero


Câncer do colo uterino
O câncer do colo uterino acomete mais de 20.000 mulheres por ano, no Brasil, e mais de 450.000 em todo o mundo. No Brasil, estima-se que o câncer de colo do útero seja a terceira neoplasia maligna mais comum entre as mulheres, sendo superado pelo câncer de pele (não-melanoma) e pelo câncer de mama, e que seja a quarta causa de morte por câncer em mulheres (cerca de 4000 óbitos por ano6). Em Minas Gerais estimava-se a ocorrência de 1580 novos casos em 2005, com uma taxa bruta de 16,27/100.000 mulheres, inferior à média brasileira, que é de 22,14/100.000. As medidas preventivas são responsáveis pela queda da mortalidade específica no decorrer das últimas décadas, devido à detecção da doença nos seus estágios mais precoces. Nos Estados Unidos ocorreu uma queda de 70% na mortalidade devida ao câncer do colo uterino, nos últimos 50 anos 26.




segunda-feira, 23 de junho de 2008

Aspectos práticos da hipertensão

COMO SABER SE A PRESSÃO É ALTA?

A maioria das pessoas que têm pressão alta não se queixa de nada. Daí chamarmos a pressão alta de "assassina silenciosa". Às vezes, dor de cabeça, tontura e mal-estar podem acontecer em quem tem pressão alta, mas é comum que, quando a pessoa sente alguma coisa diferente a pressão alta já danificou o seu organismo. A única maneira de saber se a pressão está normal é medi-la. O ideal é medir a pressão pelo menos a cada seis meses ou com intervalo máximo de um ano. Assim, quando a doença aparece, logo se faz o diagnóstico. Hoje em dia se considera hipertenso aquelas pessoas que têm pressão arterial acima de 120/80.


terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Perguntas e respostas sobre DIUs e Endoceptivo


O que é o DIU?

É um pequeno dispositivo de plástico (cerca de três cm) que é envolvido parcialmente por filamentos de cobre ou que contém um hormônio (um progestágeno). Portanto, existem dois tipos: os Dius de cobre e os hormonais. Estes últimos são chamados também de endoceptivos.