sexta-feira, 14 de julho de 2017

O fio do meu DIU sumiu! O que eu faço?


Todos os modelos de DIU, de cobre ou hormonais, têm um ou dois fios presos na sua ponta. A função deles é facilitar a sua remoção. Basta o médico puxa-los com uma pinça e o DIU é facilmente removido. Os fios são de nylon fino e não interferem na relação sexual. Geralmente após a inserção, os médicos os cortam e deixam apenas 2 cm para fora do colo do útero.


clip_image001


No entanto, uma parte das usuárias de DIU são avisadas pelo médico, após algum exame, que os fios não estão visíveis na entrada do canal do colo do útero. Neste caso existem três possibilidades:

1. A mais comum é que o fio tenha se deslocado para dentro do canal cervical ou da cavidade uterina. Isto pode acontecer por que o útero tem contrações durante o ato sexual, exercendo uma força de sucção para dentro.

2. Outra possibilidade é que tenha havido perfuração uterina e que o DIU esteja na cavidade abdominal. Isto pode ser comprovado ou não através de um exame de ultrassom. Se já tiver feito o exame, não precisa ficar repetindo.

3. Por fim, existe a raríssima possibilidade do DIU ter sido expelido sem que a mulher não tenha reparado.


image


No caso em que os fios não estiverem visíveis com os DIUs dentro da cavidade uterina (a grande maioria dos casos); a usuária pode continuar usando normalmente. Não afeta em nada.

O problema será na remoção do DIU, o que algum dia terá que ser feita. Entre os instrumentos utilizados para isto, o mais conhecido é a “pinça de jacaré”, nome popularmente conhecido de uma pinça utilizada por otorrinolaringologistas para retirarem corpo estranho da laringe ou faringe.


telediu-cepeo-pincajacare



Esta pinça terá que ser introduzida no canal e tentar achar os fios ali. Caso não os encontre, a pinça terá que ser introduzida dentro da cavidade uterina para pegar o DIU diretamente e tracioná-lo.

Evidentemente, este é um processo doloroso e exige grande habilidade e experiência do médico. Utilizam-se analgésicos e anestésicos locais, mas eventualmente necessita analgesia em bloco cirúrgico.



Palavras-chave: DIU, fios do DIU, fios não visíveis, remoção do DIU, pinça de jacaré.



Dr. Antônio Aleixo Neto

© Todos os direitos reservados.




Nenhum comentário:

Postar um comentário